MNAC - Rua Capelo

entrada: Condições Gerais

José Pedro Cortes. Um realismo necessário

2018-06-28
2018-10-28
Curadoria: Nuno Crespo
Em Um Realismo Necessário, José Pedro Cortes renova a sua forma de olhar para a matéria e a superfície do nosso tempo a partir de um conjunto de fotografias, feitas entre 2005 e 2018, que revelam o seu interesse na representação do corpo humano.
Fazer retratos e olhar para o outro sempre foi uma forma de José Pedro Cortes pensar a realidade que nos rodeia. Como criador de imagens, aceita a complexidade deste tempo, a sua fabricação e os seus impulsos, a sua vulnerabilidade e beleza, que não permite leituras dogmáticas. Em contraste
com o realismo neoliberal, as suas imagens afirmam a necessidade de não nos deixarmos subordinar à visão pragmática da vida, porque a realidade não é mecânica, linear ou numérica, mas um desafio que diariamente exige atenção e reflexão. Nestas salas, percorremos homens e mulheres que nos olham, outros que sensualmente se acariciam na cama ou observamos um grupo de amigos que languidamente descansa num relvado, numa tarde de verão. Não há geografias ou tempos, e, enquanto, espectadores das fotografias de José Pedro Cortes, somos voluntariamente convidados a fazer movimentos rápidos, lentos, intensos, que vão do interior para o exterior, percorrem os centros e as margens e que tentam encontrar a vida, mas também o esqueleto e a ruína que o tempo deixa na sua passagem.

Conjuntamente com a exposição é publicado A Necessary Realism de José Pedro Cortes (ed. MNAC / Pierre von Kleist editions). O livro contém 148 imagens, assim como uma conversa de José Pedro Cortes com Nuno Crespo e textos de Emília Ferreira (Diretora do MNAC), Shoair Mavlian (Directora de Photoworks UK), David Santos (curador e historiador de Arte), Julião Sarmento (artista plástico) e Nuno Crespo (investigador e crítico de arte), e um poema inédito intitulado Música para as fotografias de José Pedro Cortes por José Tolentino de Mendonça (poeta e teólogo).

Atividades

    2018-06-27
    2018-10-28

    19h00
    JOSÉ PEDRO CORTES. UM REALISMO NECESSÁRIO
    2018-10-17 18h30
    Conversa entre o artista e Susana Ventura
    2018-10-25 18h30
    Visita Guiada pelo artista
Ver todas as atividades 3

Em Exibição

Cursos de desenho e aguarela

2021-09-04
2021-11-06
Cursos de desenho e aguarela ministrados por Nelson Ferreira
Curso

A Brasileira do Chiado

Café Museu 1925-1971

2021-06-26
2021-09-26
Curadoria: Maria de Aires Silveira, Raquel Henriques da Silva
O Café Museu da Brasileira em exposição no MNAC
Exposição temporária

O Caminho para a Luz porque Passa pela Luz

2021-06-22
2021-11-14
Com curadoria de João Biscainho, a exposição inaugural da nova Galeria Millennium BCP apresenta uma seleção de obras num diálogo entre as coleções do MNAC e do Millennium bcp, e de outras coleções nacionais e internacionais.
Exposição Coletiva

Ciclo “Mulheres Pintoras no Mundo Ibero-Americano” 2021- 2022

2021-06-17
2022-03-03
Ciclo de palestras que apresenta Pintoras que foram especialmente actuantes no Mundo Ibero-Americano e que ao longo dos séculos contribuíram para diminuir o preconceito de género e pôr fim a uma série de estereótipos no mundo das artes.
Palestras

Francis Smith

Em Busca do Tempo Perdido

2021-06-10
2021-10-03
Curadoria: Jorge Costa
Exposição dedicada ao pintor Francis Smith.
Exposição temporária

Meu Amigo

Obras e Documentos da Coleção Ernesto de Sousa (1921-1988)

2021-05-18
2021-09-26
O MNAC associa-se às comemorações do centenário do nascimento de Ernesto de Sousa, uma das mais relevantes personalidades da contemporaneidade portuguesa, cuja influência continua a ser atuante.
Exposição temporária

Herança

Ana Vidigal e Nuno Nunes-Ferreira

2021-05-18
2021-09-26
Curadoria: Emília Ferreira
Dois arquivos pessoais, duas heranças de dois artistas cujos pais tomaram parte num momento traumático da história de Portugal.
Exposição temporária

Olhares modernos

O retrato em pintura, escultura, desenho (1910-1950)

2021-05-18
2021-09-30
Curadoria: Maria de Aires Silveira
Cruzamento de olhares e o gosto por enquadramentos pictóricos na coleção do MNAC.
Exposição temporária

110 anos

2021-05-18
2024-04-01
Uma intervenção que celebra os 110 anos do MNAC.
.