Piso 0

entrada: Condições Gerais

Peripatéticos

Mário Afonso

2008-11-12
2008-11-22

Dentro dos parâmetros da cultura visual ocidental, ao exemplificar o lugar e a visão como a inteligibilidade, o espaço vivido encontra-se, geralmente, confrontado com o imperativo de transparência enquanto ferramenta para a criação de um espaço abstracto homogéneo, necessário para a sua concepção enquanto estrutura do poder.

Na instalação de Mário Afonso, a utopia mental projectada no objecto inacessível constitui um signo evidente. A obscuridade não se encontra na solidez da muralha sem transparência. Não se trata do objecto escondido atrás da parede. O que realmente se revela é um espaço representativo da nossa intimidade cheio do imaginário que não obedece às regras da coerência e da transparência.

Bojana Bauer

 

 

 

Co-produção: Temps d'Images, Bains::Connective, Fundação EDP

Financiamento: Ministério da Cultura/Direcção Geral das Artes

 

Em Exibição

Loops Lisboa. 4ª edição

2018-11-30
2019-02-03
SOBRE O LOOPS.LISBOA
Vídeo

MIGUEL SOARES. Luzazul

2018-11-23
2019-02-24
Curadoria: Adelaide Ginga
Miguel Soares é o artista convidado nesta 3ª edição do projecto bienal SONAE / MNAC Art Cycles e traz-nos em LUZAZUL uma proposta artística inédita que reflecte sobre a Inteligência Artificial.
Art Cycles

Tomás da Anunciação (1818 - 2018)

Bicentenário do nascimento do artista

2018-10-26
2019-03-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira
O MNAC assinala o dia 26 de outubro, data em que se comemoram os 200 anos do nascimento do pintor
Evento

O poder da imagem

2018-10-12
2019-03-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira
Estes retratos de artistas, poderosos em sensibilidade e qualidade técnica, destacam-se pelo seu carácter inédito.
Exposição da coleção

Carlos Relvas (1838-1894) - Vistas Inéditas de Portugal

A Fotografia nos Salões Europeus

2018-09-27
2019-01-20
Curadoria: Victor Flores, Ana David Mendes, Denis Pellerin, Emília Tavares
Esta exposição revela um dos períodos menos conhecidos da fotografia de Carlos Relvas e um conjunto considerável e inédito de provas originais em albumina
Exposição temporária

ARTE PORTUGUESA. RAZÕES E EMOÇÕES

2018-04-20
2019-03-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira, Emília Tavares, Emília Ferreira
A presente exposição da coleção abrange grande parte do seu arco temporal, desde meados do século XIX até à década de 80 do século XX ocupando a totalidade das galerias da Ala da rua Serpa Pinto
Exposição da coleção