Mário Eloy, Retrato de João Gaspar Simões, 1938
Mário Eloy, Retrato de João Gaspar Simões, 1938

MNAC

entrada: Condições Gerais

Olhares modernos

O retrato em pintura, escultura, desenho (1910-1950)

2021-05-18
2021-12-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira
A exposição Olhares modernos. O retrato na pintura, escultura desenho (1910-19150), trata a estética do retrato e estabelece uma continuidade programática com a anterior exposição, Dilema de ser e parecer: o retrato na pintura, fotografia e escultura (1850- 1916). É importante referir o cruzamento de olhares e o gosto por enquadramentos pictóricos em fotografia, assim como a noção do realismo fotográfico em pintura, escultura e desenho, através de pontuais ampliações fotográficas, dos autores San Payo, Franklin Figueiredo, António Paixão e Varela Pécurto.

Nesta exposição relacionam-se atitudes artísticas e testemunhos de novidades, na rutura com a tradição, desde 1850, início da coleção do MNAC. Também a geração romântica portuguesa teve essa sedução, essa fantasia de metamorfosear o atual em eterno, ao constituir-se como novo. Por essa razão, estão representadas algumas obras de autores oitocentistas que se confrontam com peças dos artistas das gerações modernas, como Columbano e Mário Eloy, Alfredo de Andrade e José Resende, Faria e Maia e Jorge Vieira.

Em cinco núcleos distintos e cerca de 80 obras, surgem entendimentos diversos de modernidade, nas primeiras décadas do século XX, raramente exibidas, de Eduardo Viana, Carlos Botelho, Paulo Ferreira, José Tagarro, Querubim Lapa. Sem preocupação por divisões cronológicas, deixa-se transparecer a vontade de registar identidades, captar expressões e até uma poética fantasista, mas também a importância da revelação dos modelos representativos das mudanças sociais e o diálogo entre o retrato e os espaços envolventes, entre a figura e a paisagem, desde 1910 a 1950.


Maria de Aires Silveira



De 18 de Maio a 30 de Setembro de 2021.

Cerca de 80 obras e 45 autores: pintura, escultura, desenho, organizados em cinco núcleos expositivos:

 

Identidades e retrato.

A expressão do retrato

Uma poética do retrato

Envolvimento social da identidade

Diálogos Figura/ Paisagem

 

Exposição realizada com o mecenato da Fundação Millenium Bcp.

 


Apoios