MNAC

Entrada Livre

18 e 19 de maio

2018-05-18
2018-05-19

18 MAIO Dia Internacional dos Museus.

19 MAIO Noite dos Museus.

ENTRADA LIVRE

PROGRAMA

18 Maio _ Sexta feira

Última entrada no Museu às 17.30 horas

Visitas Guiadas

Para público em geral. Sem inscrição prévia. Gratuito.

Entrada Rua Serpa Pinto

 

11.00 horas. MNAC: história, edifício, coleção  

13.30 horas. Arte Portuguesa. Razões e Emoções Obras e Autores fundamentais

15.00 horas. Arte Portuguesa. Razões e Emoções pelas Curadoras, Maria de Aires Silveira, Emília Tavares, Emília Ferreira.

16.30 horas. Miguel Palma. Recolector Transgénico pela curadora, Adelaide Ginga

19 Maio _ Sábado

 Última entrada no Museu às 23.00 horas

Visitas Guiadas

Para público em geral. Sem inscrição prévia. Gratuito.

Entrada Rua Serpa Pinto

 

19.00 horas. MNAC: história, edifício, coleção  

20.30 horas. Arte Portuguesa. Razões e Emoções Obras e Autores fundamentais

22.00 horas. Arte Portuguesa. Razões e Emoções Obras e Autores fundamentais






Em Exibição

O poder da imagem

2018-10-12
2019-03-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira
Estes retratos de artistas, poderosos em sensibilidade e qualidade técnica, destacam-se pelo seu carácter inédito.
Exposição da coleção

Carlos Relvas (1838-1894) - Vistas Inéditas de Portugal

A Fotografia nos Salões Europeus

2018-09-27
2019-01-20
Curadoria: Victor Flores, Ana David Mendes, Denis Pellerin, Emília Tavares
Esta exposição revela um dos períodos menos conhecidos da fotografia de Carlos Relvas e um conjunto considerável e inédito de provas originais em albumina
Exposição temporária

SALOMÉ LAMAS, EXTINÇÃO, 2018

2018-09-21
2018-11-25
Curadoria: Emília Tavares
O mais recente filme de Salomé Lamas, Extinção aborda a problemática das fronteiras na atual Rússia e o latente conflito que algumas destas regiões mantêm, sob o peso da história da ex-URSS.
Exposição individual

José Pedro Cortes. Um realismo necessário

2018-06-28
2018-10-28
Curadoria: Nuno Crespo
Em Um Realismo Necessário, José Pedro Cortes renova a sua forma de olhar para a matéria e a superfície do nosso tempo a partir de um conjunto de fotografias que revelam o seu interesse na representação do corpo
Exposição individual

ARTE PORTUGUESA. RAZÕES E EMOÇÕES

2018-04-20
2019-03-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira, Emília Tavares, Emília Ferreira
A presente exposição da coleção abrange grande parte do seu arco temporal, desde meados do século XIX até à década de 80 do século XX ocupando a totalidade das galerias da Ala da rua Serpa Pinto
Exposição da coleção