antonio pedro - poeme dimensionel
antonio pedro - poeme dimensionel

MNAC

entrada: Condições Gerais

Desenhos

António Pedro

1999-04-22
1999-06-20
Curadoria: Pedro Lapa
A presente exposição de António Pedro constitui um enfoque específico sobre alguns aspectos da diversificada produção do artista. A sua pintura foi já alvo de uma exposição retrospectiva realizada em 1980, pela Fundação Calouste Gulbenkian e comissariada por José-Augusto França, amigo de sempre do artista. Um extenso catálogo reuniu além das imagens das obras expostas, muitas daquelas que desapareceram a par de uma completa documentação. Por seu turno, a Biblioteca Nacional organizou, em 1982, uma exposição de "Desenhos e Manuscritos" dedicada ao espólio do artista que conserva. Decorridos estes anos, o tempo trouxe novas perspectivas de abordagem e avaliação da modernidade. Impunha-se assim ao Museu do Chiado completar a apresentação deste pioneiro do Surrealismo em Portugal, porque também é disso que se trata nesta exposição, e simultaneamente revalorizar trabalhos que o nosso presente descobre com outro entusiasmo.
Pretende esta pequena exposição, mais o catálogo que a acompanha, fazer um balanço do que foi o Dimensionismo de António Pedro na década de 30, anterior à aventura surrealista e que de alguma forma reactivou algo das van­guardas do início do século XX. De facto, a poesia visual, hoje sujeita a novas valorizações, que têm como marcos a geração do Orpheu e a Poesia Experimental de 70's, encontra nos trabalhos de António Pedro, um momento extremamente significativo e pouco estudado, quando não mesmo esquecido. Por outro lado, os desenhos surrealistas, posteriores àqueles, muitos ainda inéditos, constituem relevantes momentos de um trabalho artístico que existiu sempre na expectativa suscitada pelos projectos e continuada transformação. Já se vê que os desenhos são o instrumento mais declarado dessa atitude. E são ainda dos primeiríssimos desenhos surrealistas realizados em Portugal.
António Pedro configura nas décadas de 30 e 40 um claro modo de ser e actu­ar diferente das contemporâneas academizações dos primeiros modernismos, hoje alvo de um quase generalizado branqueamento crítico sob o inconsistente signo de um pluralismo que não quer dizer coisa nenhuma.
Gostaria de agradecer a José-Augusto França e a Marie-Thérese França não só a disponibilização do espólio do artista que conservam, mas também o entusiasmo com que aderiram ao projecto desde o primeiro momento. A Biblioteca Nacional, através do seu director e da sua equipa, foi de uma generosidade e profissionalismo absolutos . A eles se deve a facilidade com que decorreram as investigações conducentes a esta exposição. Aos meus colegas do Museu do Chiado, queria expressar o reconhecimento pelo apoio e interesse com que colaboraram  neste trabalho.

Pedro Lapa
Museu do Chiado


Em Exibição

Imago 2021

Joakim Eskildsen

2021-10-14
2022-01-02
O MNAC é, mais uma vez, parceiro do festival Imago Lisboa, cujas propostas expositivas serão distribuídas por vários espaços da cidade e acolhe, na presente edição, o trabalho do fotógrafo, Joakim Eskildsen.
Exposição temporária

O artista do momento: o Homem do Paleolítico

2021-10-03
2021-11-25
No âmbito da participação nas Jornadas Europeias do Património, o MNAC apresenta uma exposição do cartoonista Luís Afonso
Exposição individual

Cursos de desenho e aguarela

2021-09-04
2021-11-06
Cursos de desenho e aguarela ministrados por Nelson Ferreira
Curso

O Caminho para a Luz porque Passa pela Luz

2021-06-22
2021-11-14
Com curadoria de João Biscainho, a exposição inaugural da nova Galeria Millennium BCP apresenta uma seleção de obras num diálogo entre as coleções do MNAC e do Millennium bcp, e de outras coleções nacionais e internacionais.
Exposição Coletiva

Ciclo “Mulheres Pintoras no Mundo Ibero-Americano” 2021- 2022

2021-06-17
2022-03-03
Ciclo de palestras que apresenta Pintoras que foram especialmente actuantes no Mundo Ibero-Americano e que ao longo dos séculos contribuíram para diminuir o preconceito de género e pôr fim a uma série de estereótipos no mundo das artes.
Palestras

Olhares modernos

O retrato em pintura, escultura, desenho (1910-1950)

2021-05-18
2021-12-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira
Cruzamento de olhares e o gosto por enquadramentos pictóricos na coleção do MNAC.
Exposição temporária

110 anos

2021-05-18
2024-04-01
Uma intervenção que celebra os 110 anos do MNAC.
.