Sara Afonso, Retrato de Manuel Mendes, c. 1935-40
Sara Afonso, Retrato de Manuel Mendes, c. 1935-40

MNAC

entrada: Condições Gerais

Colecção Manuel Mendes

2000-11-30
2001-02-22
Curadoria: Margarida Marques Matias
Em 1977 foi adquirido pelo Estado português o espólio bibliográfico e artístico de Manuel Mendes à viúva do escritor, Berta Mendes. Dava-se assim um primeiro passo garantindo a concentração de uma importantíssima documentação relativa à História recente do país e à crítica de arte dos meados do século xx. A colecção de arte moderna, incluída neste espólio, pela completude geracional e recorrência de temas e retratados,configura um conjunto também ele de grande unidade. Com esta importante aquisição salvaguardava-se um património marcante de uma dispersão que seria a todos os títulos lesiva.
Depois de um inventário sumário realizado pelo Instituto Português de Museus, em 1992, a integra­ção no Museu do Chiado deu-se em 1997, já que a actividade crítica,ensaística e mesmo artística de Manuel Mendes suscitava um natural interesse para este museu cujo âmbito cronológico compreende também o tempo de referência do espólio.
Em 1999 é assinado um protocolo de cooperação entre o Ministério da Cultura e a Fundação Mário Soares para a digitalização do espólio documental e fotográfico. A multiplicidade de domínios que este compreende, como sejam o político, o social ou o literário, ultrapassam a esfera de compe­tências de um museu de arte moderna e com o generoso empenho manifestado desde a primeira hora pelo Dr. Mário Soares foi possível dividir zonas de trabalho competindo à Fundação Mário Soa­res um trabalho nas áreas científicas para que está naturalmente vocacionada e de que aqui e conjuntamente com ésta exposição se apresenta um balanço dos trabalhos realizados.
A colecção Manuel Mendes de artes plásticas congrega um conjunto de trabalhos onde está presente um significativo número dos iniciadores da arte moderna portuguesa. A vincada referencialidade que a maioria destes trabalhos apresenta centra-se nas figuras de Berta e Manuel Mendes, no seu círculo de amigos e respectivas famílias ou em obras qualificadas provenientes do conhecimento e reconhecimento suscitados pela actividade crítica e ensaísta,constituindo uma unidade coesa e que não deverá ser desarticulada.
Foi então na sequência de uma proposta do Dr. Mário Soares, amigo de longa data do escritor, que esta exposição se veio a concretizar. Gostaria assim de expressar o meu vivo agradecimento pelo seu empenho e pela oportunidade que a Fundação Mário Soares proporcionou ao Museu do Chiado de realizar esta apresentação no momento em que são inauguradas novas instalações da sua sede.
O estudo deste núcleo de artes plásticas foi conduzido pela Drª Margarida Marques Matias, que comissariou esta mostra de forma notavelmente sensível às suas características intimistas e à unidade estilística de uma geração. A Drª Maria de Aires Silveira organizou todo o levantamento da colecção , bem como a organização da exposição com grande empenho e eficácia. O Dr. Nuno Ferreira de Carva­lho planificou e organizou este catálogo. A Divisão de Documentação Fotográfica do Instituto Português de Museus revelou uma disponibilidade total na colaboração prestada e o próprio Instituto na figura da sua directora, a Drª RaquelHenriques da Silva, foi de uma generosidade absoluta no modo como viabilizou os meios necessários para tornar possível esta exposição. O Instituto Português de Conservação e Restauro deu também um significativo contributo que gostaria de agradecer.

Pedro Lapa
Director do Museu do Chiado

Em Exibição

Música no Jardim do MNAC

2022-08-05
2022-08-26
Noites de Verão - Concertos de Música
.

curta-metragem 'Azul no Azul'

2022-07-28
2022-09-15
Curadoria: Nelson Ferreira
Azul no Azul: O realizador italiano Gianmarco Donaggio lança a curta-metragem experimental 'Azul no Azul', uma viagem cinematográfica dentro do jardim das esculturas do MNAC - Museu Nacional de Arte Contemporânea.
Vídeo

A Pintura sublimou o espírito

2022-07-28
2022-10-30
Curadoria: Hilda Frias
Após residência artística no Museu Nacional de Arte Contemporânea, este é o fruto de um trabalho e pesquisa persistentes, de Nelson Ferreira.
Exposição individual

Exposição

Galeria PeP do MNAC

2022-07-21
2022-09-04
Curadoria: Sílvia Berény e Rita Brandão
DEAMBULAÇÕES DE UM GRUPO DE CRIANÇAS DA ESCOLA OSMOPE PELA RUA MOUZINHO DA SILVEIRA NO PORTO
.

Veloso Salgado

de Lisboa a Wissant. Itinerário de um pintor português

2022-07-02
2022-12-15
Curadoria: Maria de Aires Silveira
Exposição Veloso Salgado de Lisboa a Wissant. Itinerário de um pintor português - integrada na programação da Temporada Portugal-França (Cruzada)
Exposição temporária

111 anos

2022-05-26
2024-04-01
Uma intervenção que celebra os 110 anos do MNAC.
.

‘There’s a shite stunk in the air… Dad’s oot oan bail! de Edgar Martins

2022-05-25
2022-08-21
A exposição reflecte a abordagem que tem tido o trabalho de Edgar Martins enquanto fotógrafo, em que o foco recai em ambientes de difícil acesso e no diálogo que estes ambientes provocam.
Exposição individual

A OUTRA VIDA DOS ANIMAIS

2022-05-05
2022-08-28
Curadoria: Emília Ferreira
Esta exposição de animais reais e fantásticos conta com obras de desenho, pintura, fotografia, cerâmica, escultura e media art tendo sido pensada para um público mais jovem, mas onde todas as idades são bem-vindas.
Exposição temporária

‘Não sei se posso desejar-lhe um feliz ano’

2022-04-14
2022-08-28
Curadoria: Adelaide Duarte
‘Não sei se posso desejar-lhe um feliz ano’. Obras da colecção de Mário Teixeira da Silva com curadoria de Adelaide Duarte.
Exposição temporária

Paisagens povoadas

Narrativas da colecção do MNAC (1850-1930)

2022-02-16
2022-08-28
Curadoria: Maria Aires Silveira
A estética da paisagem, em diálogo com a presença e intervenção humana na natureza.
Exposição temporária

Maria Eugénia & Francisco Garcia

Uma Coleção

2021-11-18
2022-09-18
Curadoria: Maria de Aires Silveira, Cristina Azevedo Tavares e Raquel Henriques da Silva
O MNAC expõe a coleção de Maria Eugénia e Francisco Garcia
Exposição temporária