Sala Polivalente

entrada: Condições Gerais

{ Untitled (N’en finit Plus) }

João Onofre

2012-12-13
2013-02-03
Curadoria: Paulo Henriques

O olhar percorre o chão de terra e ergue-se para uma adolescente que canta em pé, com os braços ao longo do corpo; vemo-la frágil, numa atenção aplicada ao ato de cantar que é quase desespero.

O olhar afasta-se e a cantora fica isolada no fundo de um vazio  de memória tumular. A voz dilui-se na distância e da terra passa-se ao brilho verde da erva, depois à escuridão e ao céu noturno e tudo recomeça, «n’en finit plus».

Este percurso do olhar segue uma trajetória reta entre o plano aproximado da terra, abrindo-se na erva e tornando-se infinito no céu; suspende-se para observar e ouvir a jovem e afasta-se para lhe dar a dimensão mínima do seu/nosso isolamento tumular e universal.

Desaparecida da imagem a cantora permanece, através do silêncio que se gera solene e gradualmente, com o afastamento do olhar em direção ao céu.

O canto é um lamento encantatório e atemporal, fica no ouvido mesmo quando silenciado, e repete as palavras da canção La nuit n’en finit plus que Petula Clark escreveu e cantou sobre a música de uma canção dos Searchers, Needles and pins, de 1964.

João Onofre concebeu uma situação cénica – o lugar, a personagem, e as palavras cantadas -, traçou percursos para o olhar – da terra à cantora e, de novo, da terra, agora verde, ao céu - e oferece-nos, em rigorosa e austera composição cinematográfica, uma abandonada visão do indivíduo no mundo, através da ingenuidade angustiante de uma adolescente face à presença solitária e certa de um qualquer sofrimento ou fim.

Paulo Henriques

Diretor do MNAC

 

Em Exibição

.

2022-11-25
2022-12-30
MOSAICO | Uma imaginação coletiva
Exposição Coletiva

Echoes of Nature

Manuela Marques

2022-10-21
2023-01-29
Curadoria: Emília Tavares
Exposição no âmbito da programação da Temporada Portugal-França 2022
Exposição individual

IMAGO LISBOA Photo Festival

Harri Pälviranta

2022-10-07
2023-01-08
O IMAGO LISBOA Photo Festival é um acontecimento marcante no panorama da fotografia nacional e internacional. Este ano com a mostra “Battered”; “Choreography of Violence”; “News Portraits”
Exposição individual

Multiplicidade

TRIENAL DE ARQUITETURA DE LISBOA

2022-10-02
2023-01-08
Curadoria: Tau Tavengwa, Vyjayanthi Rao
A cada três anos, a Trienal de Arquitectura de Lisboa realiza um grande fórum de debate, reflexão e divulgação que cruza fronteiras disciplinares e geográficas.
Exposição Coletiva

PORQUÊ?

2022-09-23
2023-01-08
Curadoria: Ana Matos
PORQUÊ? A ARTE CONTEMPORÂNEA EM DIÁLOGO COM O PENSAMENTO DE JOSÉ SARAMAGO
Exposição temporária

Veloso Salgado

de Lisboa a Wissant. Itinerário de um pintor português

2022-07-02
2022-12-15
Curadoria: Maria de Aires Silveira, MNAC e Elikya Kandot, Directora do museu de Boulogne-sur-mer
Exposição Veloso Salgado de Lisboa a Wissant. Itinerário de um pintor português - integrada na programação da Temporada Portugal-França (Cruzada)
Fora de Portas

Desde 1911

2022-05-26
2024-04-01
Uma intervenção que celebra os 110 anos do MNAC.
111 anos

Maria Eugénia & Francisco Garcia

Uma Coleção

2021-11-18
2022-12-31
Curadoria: Maria de Aires Silveira, Cristina Azevedo Tavares e Raquel Henriques da Silva
O MNAC expõe a coleção de Maria Eugénia e Francisco Garcia
Exposição temporária